Clínica La Sensitive

FRATURA DO TORNOZELO

\"🦵🏻\"A fratura do tornozelo ocorre basicamente, por dois mecanismos:
\"🔺\"Torcional: conhecido como torção, que ocorre comumente ao pisar num buraco ou ao desequilibrar de um salto alto, por exemplo.
\"🔺\"Compressão Axial: ocorre nas quedas de altura, em que o paciente cai de pé. Costuma ocorrer em homens jovens (35 a 40 anos) e estão muito associadas a acidentes de trânsito e quedas de altura.
\"⚠\"Os principais sinais e sintomas de fratura no tornozelo são: dor, edema (inchaço) e deformidade do tornozelo, além de incapacidade de apoiar o peso do corpo. A presença de bolhas e a exposição óssea (fratura exposta) também podem estar presentes e necessitam de maiores cuidados.
As fraturas do tornozelo diferem entre si em termos de gravidade. São elas:
\"🔺\"Fraturas expostas ou lesão grave;
\"🔺\"Presença de edema importante, de bolhas ou luxação;
\"🔺\"Lesões associadas (vascular ou nervosa);
\"🔺\"Padrão da fratura (fraturas por compressão axial tendem a ser mais graves).
\"👉\"A fratura de tornozelo pode ser tratada de modo conservador ou cirúrgico.
O tratamento conservador é indicado em fraturas e no uso de imobilizações e restrições de carga. Já o tratamento cirúrgico é indicado nas fraturas expostas ou por compressão axial.
O retorno às atividades normais vai depender de muitas variáveis, principalmente da gravidade da fratura. Ficou com dúvidas? Agende uma consulta!