Clínica La Sensitive

Médico Geriatra, o profissional especialista na saúde do idoso

O aumento do número de idosos em nossa sociedade é uma realidade que não podemos negligenciar.

Com isso surge a necessidade de especialidades médicas destinadas a esse grupo!

Confira a seguir mais sobre o médico geriatra e a saúde do idoso!

O médico geriatra.

É o profissional médico especialista em cuidar da saúde do idoso, por meio de tratamento de doenças ou problemas comuns nesta etapa da vida, como alterações da memória, perda do equilíbrio e quedas, incontinência urinária, pressão alta, diabetes, osteoporose, depressão.

O médico geriatra orienta formas de precaver o surgimento de doenças, bem como auxiliar a obter um envelhecimento saudável, no qual o idoso poderá se manter ativo e independente por mais tempo.

Quem é idoso atualmente?

A algum tempo a Organização Mundial da Saúde definia a idade mínima de 65 anos para países desenvolvidos e 60 anos para países em desenvolvimento, porque estes têm expectativa de vida menor para se denominar idoso.

Atualmente é estabelecido 65 anos como regra geral e considerados muito idosos as pessoas com mais de 85 anos nos países desenvolvidos e 80 anos para países em desenvolvimento.

E a população idosa vem aumentando muito cada vez mais e o profissional geriatra em Mirassol está qualificado para atender a essa demanda.

Geriatra e a saúde do idoso.

Como já vimos a saúde do idoso é de responsabilidades de um médico geriatra, sendo ele responsável por realizar consultas com o paciente para observar o estado geral da saúde.

O profissional deverá antes da consulta perguntar ao paciente a respeito de antecedentes familiares ou doenças que ele já teve, verificar as queixas dos pacientes, diagnosticar quaisquer problemas visíveis, solicitar e analisar exames de rotina, corrigir a alimentação e sugerir atividades físicas se necessário, prescrever os remédios com base nos resultados dos exames.

Outro item importante é a instrução dos familiares ou acompanhantes do idoso, devendo sendo ser repassado a ele a forma mais eficaz de realizar o tratamento, repassar ao médico o estado psicológico do paciente, marcar consultas periodicamente, focar na prevenção de doenças e atentar aos possíveis sintomas de doenças mais comuns.

Direitos da pessoa idosa na saúde.

Apresento a seguir alguns dos direitos assegurados pelo Estatuto do Idoso, lembrando que são vários os direitos dos idosos e que listei somente algumas:

  • Atenção integral à saúde da pessoa idosa, por intermédio do Sistema Único de Saúde (SUS), garantindo-lhe o acesso universal e igualitário, em conjunto articulado e contínuo das ações e serviços, para a prevenção, promoção, proteção e recuperação da saúde, incluindo a atenção especial às doenças que afetam preferencialmente os idosos.
  • Direito de exigir medidas de proteção sempre que seus direitos estiverem ameaçados ou violados por ação ou omissão da sociedade, do Estado, da família, de seu curador ou de entidades de atendimento.
  • Gratuidade no transporte coletivo público urbano e semiurbano, com reserva de 10% dos assentos, que deverão ser identificados com placa de reserva.
  • Reserva de 5% das vagas nos estacionamentos públicos e privados.
  • Prioridade na tramitação dos processos e dos procedimentos na execução de atos e diligências judiciais.
  • Direito de 25% de acréscimo na aposentadoria por invalidez (casos especiais).
  • Os casos de suspeita ou confirmação de violência praticada contra idosos devem ser objeto de notificação compulsória pelos serviços de saúde públicos e privados à autoridade sanitária, bem como devem ser obrigatoriamente comunicados por eles a quaisquer dos seguintes órgãos: autoridade policial; Ministério Público; Conselho Municipal do Idoso; Conselho Estadual do Idoso; Conselho Nacional do Idoso.
  • Conclusão.

    Como vimos o médico geriatra em São José do Rio Preto é o profissional instruído para levantar e interpretar as condições de saúde e psico-sociais, assegurando assim a saúde do idoso e através desses dados ele é capaz de associar os dados médicos às condições de vida do paciente aumentando a eficiência do tratamento e da sua qualidade de vida!